Políticas Públicas de Educação

Top PDF Políticas Públicas de Educação:

A LUTA DOS LIBERTADOS: Influências da educação e das políticas públicas na (re)inserção social de pessoas resgatadas de trabalho escravo no Brasil

A LUTA DOS LIBERTADOS: Influências da educação e das políticas públicas na (re)inserção social de pessoas resgatadas de trabalho escravo no Brasil

Visando garantir dados relevantes e assegurar, tanto quanto possível, a validade da pesquisa, foram realizadas 22 entrevistas semiestruturadas com personagens centrais no tema de escravidão contemporânea no Brasil (Anexo 1), incluindo políticos, jornalistas, ativistas, professores acadêmicos, representantes da OIT, procuradores do MPT, auditores fiscais do trabalho, ministro do TST e trabalhadores resgatados de trabalho escravo. A ideia central por trás da escolha dos entrevistados foi a abrangência de diferentes setores da sociedade civil, além de representantes do Estado e dos próprios indivíduos que passaram pela experiência da escravidão. Esta visão muldimensional com diferentes perspectivas (mesmo conflitantes em determinados momentos) permitiu o acúmulo de um denso material o qual foi, certamente, essencial para o sucesso deste trabalho. Das 22 entrevistas, 21 foram realizadas presencialmente em quatro diferentes cidades (São Paulo - SP, Brasília – DF, Cuiabá – MT e Poconé – MT, na comunidade de Nossa Senhora Aparecida do Chumbo). Todas as entrevistas foram realizadas entre os dias 20/06/2018 e 23/07/2018, com exceção à única entrevista realizada através de Skype, ocorrida em 27/08/2018. Foram utilizados dois tipos distintos de pauta de entrevista. O primeiro (Anexo 2) foi destinado aos trabalhadores resgatados de situações análogas à escravidão. O segundo (Anexo 3) abrangia todos os demais entrevistados, os quais se enquadravam na categoria de especialistas no tema abordado. A única exceção foi a entrevista do ex Senador da República e atual vereador Eduardo Suplicy, a qual teve um foco mais voltado à proposta da Renda Básica Universal, como uma possível forma de combate à vulnerabilidade social, dada como origem de diversos casos de escravidão contemporânea no Brasil.
Show more

83 Read more

Discente de enfermagem na educação em saúde no contexto escolar

Discente de enfermagem na educação em saúde no contexto escolar

Sabe-se que de acordo com dados do The Joint United NationsProgrammeon HIV/AIDS (UNAIDS), os participantes da atividade educativa encontram-se em faixa etária na qual representa vulnerabilidade para as IST’s. Responsabilizou-se este grupo por um terço das novas infecções pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) (UNAIDS, 2014). Faz-se necessário um olhar diferenciado baseado nas políticas públicas em referência a vulnerabilidade que os adolescentes e jovens estão frequentemente expostos, tendo em vista que esta população enfrenta diariamente discriminações, sofrem estigmas, levando-os à criação de barreiras contra a prevenção do avanço da doença (Mourão et al., 2018; Schaefer et al., 2018). Notou-se através do relato dos professores e diretores das escolas que os alunos necessitavam de estratégia de intervenção para adquirirem conhecimento acerca da prevenção das IST’s. Destacou-se posteriormente aos relatos a partir da aplicação do quiz de perguntas e respostas, a escassez de conhecimentos quanto às temáticas referentes a doenças que causam leucorreia, métodos contraceptivos para a prevenção das IST’s, as doenças transmitidas durante a prática sexual e a utilização correta dos preservativos masculino e feminino. Enfatizou-se, em consonância com este estudo, que as atividades de saúde com base na prevenção das IST’s no âmbito escolar também deram-se a partir da detecção das necessidades dos estudantes das escolas do ensino médio. Observou-se a partir disso, que a atividade educativa baseou-se em orientações acerca da prevenção, promovendo a adoção de hábitos e comportamentos conscientes ao utilizar os preservativos e ir à busca de um profissional de saúde para realização de exames periódicos e eliminação das possíveis dúvidas sugestivas de IST’s (Oliveira et al., 2017).
Show more

6 Read more

O pacto pelo desenvolvimento social da paraíba como instrumento na implementação de políticas públicas eficientes e efetivas

O pacto pelo desenvolvimento social da paraíba como instrumento na implementação de políticas públicas eficientes e efetivas

Outro programa oferecido aos municípios e que integra a contrapartida solidária do Edital 2017 e se integra ao SOMA é o SABER. Instrumento de gestão utilizado pela SEE desde novembro de 2013 trata-se de sistema digital on-line que reúne todas s informações das escolas estaduais, que além de organizar todas as informações numa mesma área de trabalho, de fácil acesso, permite aos gestores a elaboração de avaliações quantitativas e qualitativas da rede de ensino. Estruturada em módulos, possui ferramentas capazes de gerir as informações e gerar o conhecimento necessário para subsidiar tomadas de decisões aumentado a qualidade dos serviços prestados e otimiza a aplicação dos recursos públicos. Adentrando no campo das metas atingidas, foi possível obter os dados apenas de três edições do Pacto, 2011, 2013 e 2014, e algumas com dados incompletos em especial os ligados à área da educação. Na edição de 2011, para a área de Educação foram definidas metas específicas para cada município convenente, de forma a ampliar os seguintes indicadores do sistema municipal de educação: número de matrículas em Creche; número de matrículas em Pré Escola; número de matrículas em Ensino Fundamental; número de matrículas no EJA (Educação de Jovens e Adultos). Outras metas se referiram à redução da taxa de reprovação escolar no Ensino Fundamental e de garantia da aquisição, de no mínimo 30% dos valores destinados à alimentação escolar, de produtos da agricultura familiar. Para cada município foi pactuado de forma consensual quais metas seriam possíveis de serem atendidas pelo município e os instrumentos de aferição seriam o Censo Escolar de 2010 comparado com o de 2011. Para a meta da alimentação escolar a comprovação seria feita através de relatório do PNAE – Programa Nacional da Alimentação Escolar do ano de 2011. Os resultados para essa Edição foram os seguintes:
Show more

10 Read more

Inovação aberta e políticas públicas na União Europeia

Inovação aberta e políticas públicas na União Europeia

A diversidade existente na Europa é bastante maior do que a existente nos Estados Unidos da América (EUA) ou no Japão, com diferentes sistemas de educação e de formação entre os países membros, capacidade industrial diversa, bem como diferentes modelos de governance empresarial ou sistemas fiscais distintos, por exemplo (Ludvall e Borras, 2005). Contudo, ao longo dos tempos, e em especial a partir da década de 50, tem sido estimulado o desenvolvimento de uma abordagem europeia comum no que respeita às políticas de I&D e de Inovação, através da criação de instituições comuns (ex.: CERN 2 , EMBL 3 , ESA 4 , ESF 5 , EPO 6 , etc.) e de programas supranacionais (ex.:
Show more

16 Read more

A qualificadora “feminicídio”, nos crimes hediondos, enquanto estratégia de incorporação do olhar de gênero nas políticas públicas brasileiras

A qualificadora “feminicídio”, nos crimes hediondos, enquanto estratégia de incorporação do olhar de gênero nas políticas públicas brasileiras

Além dos elementos sociais citados, Azevedo 1985 afirma haver outras variáveis nas quais o problema da violência perpetrada pelo homem contra a mulher está respaldado, como a questão de gênero; fatores estruturais referentes à questão da condição feminina; características ideológicas e históricas, como o machismo, que legitima o padrão de dominação masculina e o uso da força física sobre a mulher; causas institucionais, das quais se remete a questão da família patriarcal; e, motivos pedagógicos, relacionados à educação e ao modo como são ensinadas essas noções de individualidade masculina e feminina. Ao querer abandonar as violências sofridas a mulher se expõe ao risco de morrer, seja porque o companheiro não aceita o fim do relacionamento, seja porque ele pensa que a mulher lhe pertence, seja porque ele acredita ter direitos de propriedade sobre o corpo, a sexualidade e a vontade feminina, dentre entre inúmeros motivos. Os tipos de violência sofridas antes da morte são inúmeros, seja de ordem psicológica, moral, física, sexual e patrimonial, as quais estão descritas pela Lei n. 11.340/2006. Os assassinatos sexistas e misóginos praticados por homens contra mulheres são denominados Feminicídios ou Femicídios, termos estes que vêm sendo utilizados indistintamente no Brasil, mas apresentando variações e peculiaridades, seja no real objetivo do termo ou tendências que algumas autoras destacam. Entretanto, no geral, representam a expressão letal da violência de gênero como alternativa ao tipo criminal “homicídio”, a fim de combater o sexismo e o machismo presente nestes crimes, consoantedestaca Gomes (2012).
Show more

6 Read more

matthew lipman’s philosophy for children program: a liberal conception of education

matthew lipman’s philosophy for children program: a liberal conception of education

se trata, por outro lado, de endossar plenamente as teses dos reprodutivistas, cujos limites e lacunas também já foram suficientemente demonstrados por inúmeros autores. De fato, embora a educação seja um elemento da superestrutura, seu significado político não se reduz à mera reprodução da estrutura social, que apenas em última instância a determina. Como expressão do “processo dialético real”, superestrutura e estrutura, educação e sociedade estabelecem entre si uma relação de “necessária reciprocidade” (Gramsci, 1986, pp. 53). Isso porque, como foi dito anteriormente, a escola reflete em seu interior as mesmas contradições, os mesmos antagonismos e conflitos que permeiam o todo social do qual ela é parte constitutiva, de modo que, por força dessas contradições que inevitavelmente interferem no seu funcionamento, acaba desempenhando um papel também contraditório na sociedade, atuando, ao mesmo tempo, em favor de sua reprodução e perpetuação, mas também de sua transformação. Como explica Coelho (1989, p. 40):
Show more

19 Read more

a very crazy trip: some considerations about words researched by childhoods

a very crazy trip: some considerations about words researched by childhoods

Ao longo de 2016 e 2017, por meio de uma pesquisa desenvolvida na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, desenvolvemos uma importante rede de amizades junto a escolas públicas, tornando possível um trabalho contínuo de intercâmbio de pensamento e escrita entre estudantes escolares e universitários. Desta pesquisa surgiu um projeto de extensão, o qual se deteve à realização de oficinas e à produção do que chamamos de saberes significativos. O significativo, aqui, não diz respeito ao que na lógica adultizante é tomado por importante, mas o seu oposto. O saber significativo está ligado ao gesto de abertura ao outro, gesto de dar-(se)-a-ver e dar(-se)-a-ler, o que para nós tem sido algo micropoliticamente revolucionário. Como resultado destas oficinas chegamos à publicação de dois livros, os quais contam com escritas de infantes-escritores das mais diferentes idades, dos dois aos noventa e cinco anos. Trata-se de dois dicionários com palavras pesquisadas por infâncias, com palavras que não se contentam com as definições já devidamente assentadas pelas cabeças adultas, e que nos provocam a brincar e a flertar com o novo, trazendo o frescor do espontâneo ali onde as convenções parecem querer ditar as normas. Diante de tais saberes (in)significantes propomos uma concepção de aprendizagem que, para além da aquisição, apreensão e da propriedade privada, é marcada pela ato de soltar e de (ar)riscar-se com o outro.
Show more

21 Read more

Estimación de la Evasión en el Impuesto al Valor Agregado (IVA)

Estimación de la Evasión en el Impuesto al Valor Agregado (IVA)

Estimates of Evasion in the VAT in Bolivia Cossio Muñoz, Fernando and Delgadillo, Maria Felix Unidad de Análisis de Políticas Económicas UDAPE.[r]

21 Read more

Modelos de desarrollo, alianzas políticas e integración latinoamericana

Modelos de desarrollo, alianzas políticas e integración latinoamericana

de Naciones (CAN), heredera del Pacto Andino establecido a fines de los años sesenta. Y el Mercado Común del Sur (MERCOSUR), que hizo crecer los flujos comerciales entre sus socios originarios a partir del establecimiento del Tratado de Asunción en 1991. A ellos hay que agregar numerosos acuerdos bilaterales de complementación económica o libre comercio, que se constituyeron en otros motores de la integración económica regional durante el regionalismo abierto. Estas dinámicas se convierten en procesos que acercan a unos países con otros, que tienen avances y retrocesos, pero donde prevalece el ideal de edificar un nuevo sentido común que promueva la visión en todos los gobiernos latinoamericanos de que los países se necesitan mutuamente para funcionar mejor en la actual compleja economía mundial. En algunos casos se trata de países que cuentan con un considerable mercado interno como Brasil o Argentina, lo que les permite mirar con mayor displicencia los entendimientos comerciales que, junto con ampliar sus espacios externos, podrían disminuir el ejercicio de su soberanía. En otros casos, encontramos países con mercados domésticos limitados como Chile, Colombia, y las naciones Centroamericanas que apuestan aun hoy al regionalismo abierto y la negociación de Tratados de Libre Comercio como un mecanismo clave para impulsar la colocación de sus productos en otros mercados y que les pueden permitir mayor dinamismo interno y mejores condiciones de vida para sus poblaciones (Caldentey, 2014; Kruijt, 2012; Rodríguez, 2012; Segovia, 2005). También entre éstos se puede incluir a México pese a su gran mercado. En el complicado mecanismo económico del segundo decenio del siglo XXI, una u otra fórmula pueden resultar sensatas, dependiendo de las condiciones que prevalecen en el modelo de desarrollo impulsado en cada país (Bértola y Ocampo, 2010; Payne y Phillips, 2008; Maira, 2007). Ahora bien, ambas opciones deberían poder coexistir para dar viabilidad a un proceso de integración, donde no se llegue a imponer un modelo único que excluya al otro. Entendiendo que la dinámica no vendrá desde las estrategias del comercio sino desde la política.
Show more

379 Read more

O Espaço Físico de uma Escola Infantil:  um Olhar da Gestão para a Acessibilidade

O Espaço Físico de uma Escola Infantil: um Olhar da Gestão para a Acessibilidade

Ancorado nessa perspectiva surge o problema a ser analisado nesse estudo: O espaço físico da escola infantil possui acessibilidade as crianças? Para responder a este questionamento o objetivo geral dessa pesquisa está em descrever via autores a relevância da Gestão Pública no planejamento estratégico junto as escolas de Educação Infantil. Para tanto este foi dividido nos específicos: (I) Delinear os principais pressupostos acerca da Educação Infantil; (II) Identificar o papel da Gestão estratégica na Administração Pública na educação; e, (III) Analisar qual o papel da administração pública na educação.
Show more

14 Read more

Agricultura e biodiversidade nas ciências sociais brasileiras: alimentando a comunicação entre ciência e políticas públicas

Agricultura e biodiversidade nas ciências sociais brasileiras: alimentando a comunicação entre ciência e políticas públicas

seguindo os modelos sugeridos pelos especialistas, pressupõe a universali- zação dos procedimentos científicos sem levar em conta as diferenças das práticas entre os campos de conhecimento. Como mencionamos acima, uma dessas diferenças reside na maneira de apresentar os dados empíricos nos artigos acadêmicos, o que permite questionar o próprio significado de evidência ou prova para as Ciências Sociais. Para respeitar o pluralismo metodológico, talvez seja necessário estabelecer um acordo sobre o que se considera validação empírica em cada questão particular, tal como propu- seram Davies et al. (2001). Essa tarefa torna-se ainda mais complexa quando se trata de problemáticas que se situam na interface de diferentes campos do conhecimento, como é o caso das ciências socioambientais, aborda- das nesse texto. As Ciências Sociais encontram-se normalmente excluídas da consulta feita por gestores públicos sobre questões ambientais devido à compreensão de que existe uma separação entre natureza e sociedade, de maneira que temas relativos à primeira devam ser tratados por ciências da natureza. Mas acreditamos que essa compreensão se deva também à des- valorização do conhecimento produzido pelos cientistas sociais, decorrente da avaliação de que a validação empírica aí é menos rigorosa do que na Biologia ou na Ecologia, não se distinguindo, portanto, do senso comum.
Show more

38 Read more

La democracia en México desde el resultado de las políticas públicas vista por el desempeño en el desarrollo de sus entidades federativas

La democracia en México desde el resultado de las políticas públicas vista por el desempeño en el desarrollo de sus entidades federativas

Como afirma Roy (2003:60) “la democracia , por ende, esta predispuesta a tener diferentes características en distintas sociedades” y advierte de que la democratización podría ser lenta pero es irreversible. Lo importante de la democracia es que abre el espacio político, económico y social para la participación de todos; les otorga la libertad a los ciudadanos, como un derecho, para poder participar en promover su propio bienestar. Para Roldan (2001:292) “e l tema de los derechos humanos no puede dejar a un lado el desarrollo económico de los pueblos. Los derechos humanos no pueden ser vistos y analizados solo desde la perspectiva formal, jurídica y política. La dignidad y el bienestar humano se encuentran en relación directa con las condiciones en que se desenvuelve el conjunto del proceso social, tanto en el terreno político como en el ético, el jurídico y económico ” . Según este autor, el desarrollo es un derecho de los seres humanos y de las naciones que durante siglos han sido relegados y que han visto ensancharse las brechas que los separan del mundo industrializado.
Show more

26 Read more

Agricultura familiar e políticas públicas: o impacto do Pronaf no Rio Grande do Sul

Agricultura familiar e políticas públicas: o impacto do Pronaf no Rio Grande do Sul

não há um único produtor ali residente como beneficiário do programa, o qual, segundo rezam suas diretrizes, assegura aos quilombolas a condição de candidatos potenciais do programa. O que a população que entrevistamos eufemisticamente chama de “morenos” são, em concreto, empregados temporários da colheita de fumo ou em outros cultivos, ocupados em operações que demandam muita mão-de-obra, os quais sobrevivem dos jornais pagos por agricultores pronafianos brancos. Seria este um outro filtro social no acesso ao programa? Possivelmente sim, se acrescentamos o fato de que uma elevada proporção dos morenos é igualmente analfabeta. Ao admitir-se como válida a hipótese de que a implementação do PRONAF crédito e de outras modalidades, a exemplo do PRONAF infraestrutura, possam engendrar “a la larga” um ambiente institucional favorável ao desenvolvimento rural, o mesmo não se pode dizer com relação à afirmação desta forma familiar de produção no plano da auto-identificação dos que efetivamente representam o objeto central desta política de apoio ao setor. Tanto em Restinga Seca quanto em Liberato Salzano a curta existência do programa não vem sendo acompanhada do reconhecimento, por parte do produtor rural, de sua condição de “agricultor familiar”. Os benefícios que lhe assegura o PRONAF (juros baixos e o rebate para os que honrarem o pagamento na data de liquidação) aparecem ante os olhos dos produtores como uma benesse do Estado e não como conquista política surgida da pressão de uma categoria social, da qual, de um modo ou de outro, eles fazem parte. Isso se explica, de um lado, pela frágil atuação dos sindicatos de trabalhadores rurais, que, via-de-regra, permanecem como tributários
Show more

20 Read more

Information Guide: Portugal  February 2015

Information Guide: Portugal February 2015

 União Europeia de Radiodifusão: Usuários Ativos: Portugal (em inglês)  Centro Europeu de Jornalismo: Media Landscape: Portugal (em inglês)  ABYZ News Links: Jornais da Europa e Notícias mídia: Portugal (em inglês)  Guardian News & Media Ltd: Guia de Notícias do Mundo: Portugal (em inglês)  Newslink: Jornais europeus: Portugal (em inglês)

10 Read more

Evolução do Código Penal Brasileiro em Relação à Violência de Gênero: Análise das Políticas Públicas contra o Feminicídio no Estado do Espírito Santo

Evolução do Código Penal Brasileiro em Relação à Violência de Gênero: Análise das Políticas Públicas contra o Feminicídio no Estado do Espírito Santo

Em relação aos estudos de violência contra a mulher, devem ser levados em conta fatores como o desenvolvimento demográfico e populacional das cidades. Haja vista que o crescimento populacional da cidade de Vitória, a capital do estado, após o período de 1970, com a ocupação desordenada de morros e mangues e o aumento da violência contra as mulheres, afetou a sociedade local. Na época, os padrões tradicionais de comportamento familiar eram família economicamente estável, homem provedor que sustentava a sua casa e a função da mulher era manter a virgindade até o casamento e a fidelidade conjugal depois. Devido à industrialização, mudaram os padrões e papéis sociais previamente definidos pelo sistema patriarcal. Os homens que tinham o seu papel culturalmente estabelecido de único provedor da família tiveram dificuldade para se adaptar ao seu novo contexto social. Pois, um número crescente de mulheres ingressou no mercado de trabalho na cidade de Vitória (Silva, 2016). Segundo Badinter (1993), essa nova realidade da mulher problematiza pela primeira vez o papel dos homens e produz a crise da identidade masculina. E mesmo com a efetivação de políticas para as mulheres, a luta contra a violência doméstica continua sendo um desafio para governos e sociedade (Silva, 2016). Neste contexto, os movimentos sociais usam dados estatísticos como instrumento para “visibilizar e legitimar seus problemas e incluí-los na agenda nacional como uma questão política” (FNEDH, 2006: 32). Logo, foi imprescindível o acesso a dados quantitativos confiáveis que permitiam mensurar a extensão e as especificidades de cada problema e assim, possibilitar a adoção de políticas que atendam os indivíduos e os grupos nas suas necessidades e diversidades, de acordo com os distintos contextos em que vivem. O combate à violência contra as mulheres tem encontrado muitos obstáculos, dentre eles destacam-se a naturalização ou banalização desse fenômeno. Ademais, esses desafios contribuem para a subnotificação dos eventos violentos em geral, e daqueles de natureza sexual ou praticados no contexto doméstico (FNEDH, 2006).
Show more

76 Read more

Salceda Mesa

Salceda Mesa

Por otra parte, encontramos unanimidad absoluta en la literatura científica acerca de la responsabilidad social del profesorado en la legitimación de lo que Ezcurra (2011) denomina “proceso de inclusión excluyente” en que se envuelve el sistema educativo actual en España, también universitario. Son la formación docente y, aún más, las creencias y actitudes del profesorado ante la diversidad, las mayores barreras para la innovación de la práctica educativa, el aumento de la presencia y participación real del alumnado y la motivación hacia el aprendizaje. Sin embargo, parece que estamos avanzando en otro sentido, pues el modelo dominante en el ámbito universitario son servicios de apoyo focalizados en el alumnado considerado “en riesgo”, cuando se ha comprobado que las dificultades académicas no son un factor causal exclusivo, sino que operan en concurrencia otros factores que actúan como barreras inherentes a una posición social en desventaja, brechas educativas que son en definitiva, brechas de clase social; por lo que, como ya hemos señalado anteriormente, la formación para la inclusión requiere también del esfuerzo activo de las instituciones por educar, no solo “para”, sino “en” inclusión. De acuerdo con Ortega (2004), nos hemos sumido en una educación intelectualista que ha terminado por desenfocar al alumnado y desvincularlo de sus condiciones y realidad social. El profesorado universitario ha de recuperar su identidad educadora equilibrando su fidelidad a la materia con una mayor lealtad hacia sus estudiantes que desemboque en una “relación ética que se traduzca en una actitud de acogida y un compromiso con el educando” (Ortega, 2004, pag. 5).
Show more

38 Read more

Aguilà

Aguilà

Objeto: El contexto socio-económico actual caracterizado por la política presupuestaria restrictiva en los países de la Unión Europea ha comportado una reducción de la financiación pública en la universidad pública española elevando el déficit en muchas universidades. En consecuencia, a la vez que éstas están completando la implementación de un modelo de contabilidad analítica (Modelo Canoa) para determinar sus necesidades financieras reales, están incrementando las tasas académicas con los límites establecidos en el Decreto-Ley 14/2012 de 20 de abril prácticamente como único recurso. Este hecho puede acabar afectando a la demanda. Urge buscar, pues, nuevas fuentes de financiación privadas además de implementar técnicas que permitan controlar y reducir los costes, justificadas por las situaciones financieras extremas de algunas universidades.
Show more

34 Read more

Retificação e Prolongamento de Rede Pluvial

Retificação e Prolongamento de Rede Pluvial

Na elaboração deste trabalho buscou-se refletir acerca da realidade local na comunidade Canaã localizada na cidade de Manaus no que diz respeito à ausência de Saneamento Básico. Na perspectiva de melhorar as condições de vida e a saúde dos habitantes impedindo que fatores físicos de efeitos nocivos possam prejudicar as pessoas no seu bem-estar físico mental e social dos moradores foi criado e implantado um Projeto intitulado: Retificação e Prolongamento de Rede pluvial, que visam atender, principalmente, localidades não urbanizadas solucionando além dos problemas de saneamento e saúde pública, eliminando também problemas graves como os de locomoção.
Show more

24 Read more

Estudo Considerando os Indices de Desempenho Energético para o Setor de Escolas Públicas – Estudo de Caso da Cidade de Manaus/AM

Estudo Considerando os Indices de Desempenho Energético para o Setor de Escolas Públicas – Estudo de Caso da Cidade de Manaus/AM

A cidade de Manaus é grandiosa e exuberante e os problemas de cidade de tal porte sempre hão de existir, por isso ações que auxiliem no equilíbrio das condições de vida em setores estratégicos corrobora com um outro patamar de equilíbrio, a análise dos dados das escolas públicas em Manaus permite um perfil dos índices de desempenho energético, utilizando variáveis distintas como quantidade de alunos, turnos, salas e turmas traduz uma possibilidade de observar os fatores realísticos do cenário do consumo de energia elétrica nos prédios públicos da cidade, mais especificamente nas escolas. A partir das análises ficou possível tecer características próprias do setor como o alto nível de dispersão, reforçando a necessidade de estudos aprimorados. A diversificação dos vários índices possibilitou comparar as edificações de uma mesma classe, normalizando-as por alguma quantidade que auxilie na compreensão do uso da energia. Quanto ao índice de consumo específico por área e por dias trabalhados não traduz um resultado confiável, pois a condição geográfica e fatores que dificultam a logística de coleta de dados compromete o resultado. De posse do consumo específico ficou possível identificar quais as unidades são mais eficientes e quais as características dessas unidades que leva à maior eficiência.
Show more

13 Read more

Perspectivas dos futuros profissionais da faculdade de educação física de Santos-SP: novas tendências

Perspectivas dos futuros profissionais da faculdade de educação física de Santos-SP: novas tendências

Devido ao curto espaço de tempo, não se verificaram tendências significativas próprias entre os anos de 2003 e 2004. Além disso, diante das escolhas apresentadas por discentes de ambos os sexos e em diferentes espectros da graduação, foi possível verificar que, apesar de associações estatisticamente significativas, os comportamentos privilegiavam opções semelhantes, exceto para opção de curso e campo de atuação entre gêneros. Por fim, deve-se citar a falta de conhecimento dos alunos, relativo às relações entre opções de curso e suas respectivas áreas de atuação. Este fenômeno parece estar relacionado com o fato de que a faculdade em questão oferece as opções de Licenciatura e Bacharelado de forma integrada, não havendo a necessidade, por parte dos alunos, de escolha entre elas. Outro fator que pode ser relevante para a divergência entre opções de cursos e áreas de atuação, é o fato de que a regulamentação da profissão ainda é muito recente.
Show more

14 Read more

Show all 10000 documents...