Top PDF Desenvolvimento de aplicações móveis para Windows Phone

Desenvolvimento de aplicações móveis para Windows Phone

Desenvolvimento de aplicações móveis para Windows Phone

2 1.2. Contexto empresarial A ISA é uma empresa de base tecnológica que tem vindo a desenvolver produtos e soluções para o mercado da energia, ambiente, gás e petróleo. Nos últimos anos, tem apostado fortemente no desenvolvimento de produtos de eficiência energética, nomeadamente sistemas de monitorização e gestão de consumos energéticos para o setor residencial e empresarial. A empresa possui já uma carteira de projetos e clientes nacionais de referência no setor da eficiência energética, destacando-se o BES e ANA Aeroportos, onde os seus sistemas estão instalados. No setor Oil & Gas opera igualmente com empresas com um carisma bastante grande, como a Galp, Total, Repsol, BP, Shell, Primagaz e Butagaz.
Show more

183 Read more

O gamification em aplicações móveis para eventos culturais : uma experiência com o XXV FITUA

O gamification em aplicações móveis para eventos culturais : uma experiência com o XXV FITUA

Uma estratégia de gamification, aplicada ao desenvolvimento de uma aplicação móvel para promoção de um evento cultural, pode ter um impacto positivo no utilizador; De acordo com o levantamento do estado de arte e com a avaliação realizada ao protótipo, pode-se considerar que as estratégias de gamification são do agrado dos utilizadores, promovendo uma maior interação entre todos os participantes e espetadores do evento e conectando todos antes da realização do evento, durante e mesmo algum tempo após o mesmo ter terminado. Uma vez que o ser humano é competitivo por natureza, aplicar paradigmas de gamification em funcionalidades de uma aplicação de um evento cultural provoca nos utilizadores uma reação de competitividade saudável, a qual indiretamente promove o evento através de uma partilha informal dos utilizadores com o seu círculo social, bem como partilhas em redes sociais do progresso na aplicação.
Show more

176 Read more

As aplicações móveis utilizadas pelo corredor em Portugal

As aplicações móveis utilizadas pelo corredor em Portugal

mudanças numa página de um website necessitavam de uma atualização completa dessa mesma página, por outro lado a Web 2.0 de hoje permite atualizações parciais. Hogg et al. (2006) explica que foi a utilização de AJAX, por exemplo, que permitiu uma experiência de utilizador melhorada, uma vez que permite a redução da quantidade de informação que é transferida entre o utilizador e o servidor. Na verdade, apenas as alterações que o utilizador fez são atualizadas, ou invés de toda a página do website, contribuindo dessa forma para uma experiência de utilizador melhorada. Segundo Rinner et al. (2008), ao eliminar a necessidade de atualizar a totalidade de uma página de um website, elimina-se pois, um importante desafio de usabilidade característico da Web 1.0. Para Muruguesan (2007), AJAX está, portanto, na origem de um interface mais rico, interativo e sensível. A utilização de linguagens dinâmicas é imprescindível para a Web Social pois estas acrescentam agilidade no desenvolvimento, aperfeiçoamento e crescimento. Ao contrário de linguagens estáticas, elas suportam um fluxo de informação contínuo (Lewis, 2006).
Show more

102 Read more

Sistema de recomendação de frameworks para desenvolvimento multiplataforma em dispositivos móveis

Sistema de recomendação de frameworks para desenvolvimento multiplataforma em dispositivos móveis

De acordo com Boushehrinejadmoradi et al. ( 2015 ), os desenvolvedores de aplicativos para dispositivos móveis geralmente desejam disponibilizar seus aplicativos em uma grande variedade de plataformas, a saber - dispositivos Android, iOS e Windows. Cada uma dessas plataformas usa um ambiente de programação diferente, cada um com seu próprio idioma e APIs para desenvolvimento de aplicativos. Pequenas equipes de desenvolvimento de aplicativos não têm os recursos e a experiência necessária para criar e manter bases de código separadas do aplicativo personalizado para cada plataforma. Esse cenário abriu espaço para o surgimento de uma série de frameworks de desenvolvimento de aplicativos móveis para múltiplas plataformas. Esses frameworks permitem que os desenvolvedores de aplicativos especifiquem a lógica de negócios do aplicativo uma vez, usando a linguagem e as APIs suportadas por eles e produzam automaticamente versões do aplicativo para várias plataformas de destino (por exemplo, iOS e Android). Desenvolver um único código e distribuir para várias plataformas é um ponto importante não só para as pequenas equipes, como mencionado acima, mas para empresas que visam economia de tempo e custo. É preciso destacar que a construção desses frameworks é desafiadora, pois eles devem traduzir corretamente o que foi desenvolvido através deles para a plataforma destino, ao mesmo tempo que devem fornecer o mesmo comportamento de uma aplicação desenvolvida nativamente.
Show more

109 Read more

Instrumentação de FPGAs SRAM para recuperação e prevenção de faltas permanentes visando utilização em aplicações espaciais

Instrumentação de FPGAs SRAM para recuperação e prevenção de faltas permanentes visando utilização em aplicações espaciais

Mais recentemente, um outro trabalho (Drahonovský et al., 2013) apresenta um processo para que seja igualmente possível realocar bitstreams parciais em várias RP s . É baseado no trabalho (Ichinomiya et al., 2012a) e elimina o problema do roteamento dos sinais que cru- zavam as RP s . Em vez de módulos IPIF , adiciona na parte estática do sistema uma LUT a cada sinal de entrada/saída que constitui o interface com o componente implementado na RP . Desta forma, os sinais que constroem o interface entre uma RP e o restante sistema ficam deli- mitados por pares Proxy Logic-LUT. Estes pares são então mapeados em determinadas localizações através de restrições (constraints). Este processo, juntamente com o uso do Direct Routing Constraints do Xilinx FPGA Editor que é usado para extrair e forçar o roteamento através de constraints, garantem a uniformidade do interface entre qualquer RP e o restante sistema. No entanto, a forma ad hoc como são restringidas essas localizações sacrifica logo ao início a liberdade das ferramentas que compõem o fluxo, o que acaba por introduzir uma degradação extra dos caminhos críticos. Como principal novidade, o autor aproveita o facto das recentes FPGA s da Xilinx possuírem LUT s com duas saídas. Assim, com uma LUT6 física é possível implementar duas LUT1, o que permite reduzir um pouco o overhead da adição de hardware. No artigo, não sendo claro, tudo indica que pelo menos algumas partes do fluxo são realizadas manualmente, o que não é prático, e nenhuma solução é apresentada para controlo dos sinais de relógio.
Show more

314 Read more

Dyfocus: Desenvolvimento do Back- End de um Aplicativo Mobile para Smartphone

Dyfocus: Desenvolvimento do Back- End de um Aplicativo Mobile para Smartphone

O formato JSON foi originalmente criado por Douglas Crockford e é descrito no RFC 4627. O media-type oficial do JSON é “application/json” e a extensão é “.json” [24] . A simplicidade de JSON tem resultado em seu uso difundido, especialmente como uma alternativa para XML em AJAX. Uma das vantagens reivindicadas de JSON sobre XML como um formato para intercâmbio de dados neste contexto, é o fato de ser muito mais fácil escrever um analisador JSON. Em JavaScript mesmo, JSON pode ser analisado trivialmente usando a função eval(). Isto foi importante para a aceitação de JSON dentro da comunidade AJAX devido a presença deste recurso de JavaScript em todos os navegadores web atuais [26] .
Show more

71 Read more

Desenvolvimento de alternativas tecnológicas para o processamento e conservação da carne de mexilhão

Desenvolvimento de alternativas tecnológicas para o processamento e conservação da carne de mexilhão

um tratamento térmico de esterilização comercial. A qualidade dos produtos tratados termicamente é fortemente afetada pelo binômio tempo de processo - temperatura. As embalagens flexíveis termoesterilizáveis oferecem boas caraterísticas de penetração de calor, permitindo a diminuição do tempo de proceso e uma menor degradação do produto. Embora alimentos processados nestes tipos de embalagens possam ter alta qualidade nutricional, a forma e a estutura dos produtos pode ser afetada, pois as "pouches" não oferecem suporte estrutural, sendo particularmente indicadas para produtos onde não seja preciso manter a forma original (produtos ralados ou triturados). A estabilidade dos mexilhões à temperatura ambiente também pode ser obtida por desidratação. A desidratação, porém, provoca mudanças importantes no produto final, dependendo do processo utilizado. Um dos processos que menos afeta a qualidade do produto final é a liofilização (RATTI, 2011). Este processo permite ainda a obtenção de produtos com reidratação instantânea, utilizáveis em várias preparações culinárias.
Show more

174 Read more

Agroecologia e novos meios de vida para o desenvolvimento local sustentável

Agroecologia e novos meios de vida para o desenvolvimento local sustentável

Conforme observado, foram constatadas avaliações bastante negativas em relação ao papel e apoio dos governos municipais, ou locais, nos quatro municípios. No entanto, quando, na última seção de uma entrevista composta por oito seções, que tratou das parcerias possíveis e sugeridas para o desenvolvimento de alternativas sustentáveis ou iguais àquelas para as áreas rurais, o papel dos governos municipais foi considerado como importante. Ou seja, há um reconhecimento de que, embora isto não tenha ainda acontecido, o papel deles é fundamental, principalmente em trabalho conjunto com os governos estadual e federal, sendo este último destacado por grande parte dos entrevistados como o único nível governamental que tem dado certa atenção aos agricultores que compõem este perfil produtivo nos últimos anos.
Show more

16 Read more

Centro Radiológico de Aplicações Protônicas

Centro Radiológico de Aplicações Protônicas

Commercially available Cyclotron System High Beam availability and current High number of treatment rooms.. Use “down time” between treatments for radioisotope production/radiography.[r]

19 Read more

Plataformas broadcast/multicast para redes móveis (mobile TV)

Plataformas broadcast/multicast para redes móveis (mobile TV)

palavras-chave UMTS, MBMS, Protocolo Diameter, Gmb, BM-SC, IMS, integração IMS-MBMS resumo O MBMS (Multimedia Broadcast/Multicast Services), uma evolução das redes UMTS, é um sistema que permite o envio de conteúdo via broadcast e multicast através redes móveis, como por exemplo a video-conferência, partilha de ficheiros e o streaming de áudio e vídeo (Mobile TV). Este envio de informação é do tipo ponto-multiponto, ou seja, existe apenas uma fonte que envia a informação para múltiplos receptores, ao invés do que acontece com as ligacões ponto-a-ponto. Consequentemente, o uso dos recursos da rede é optimizado.
Show more

99 Read more

Desenvolvimento de um phantom para controle de qualidade de imagens do tensor de difusão

Desenvolvimento de um phantom para controle de qualidade de imagens do tensor de difusão

RESUMO Imagens de ressonância magnética ponderadas por difusão (imagens DW) e imagens do tensor de difusão (imagens DT) combinam técnicas de ressonância magnética (MRI) e medidas de difusão. Nas imagens DW, o contraste é definido pelo movimento micros- cópico dos prótons de água. Atualmente, imagens DW tornaram-se populares em fun- ção de sua capacidade de detectar o AVC ainda na fase aguda. As imagens DT são calculadas a partir de imagens DW adquiridas em pelo menos seis direções, fornecendo informações de direcionalidade de difusão e tornando assim possível a reconstrução de imagens de fibras axonais ou musculares. Ambas as técnicas têm sido aplicadas ao estudo das estruturas corporais em condições saudáveis e patológicas. Atualmente, sabe-se que essas imagens e seus parâmetros são bastante sujeitos a fatores relacio- nados à aquisição e processamento. Heterogeneidades do campo magnético, suscetibi- lidade, deslocamento químico, interferência de radiofrequência (RF), correntes parasitá- rias e a razão sinal/ruído (SNR) têm efeitos mais nocivos em imagens DW do que em imagens ponderadas em T1 ou T2. No entanto, ainda hoje não existem phantoms ou protocolos padrão para controle de qualidade (QC) de imagens DW ou DT. Assim, o objetivo deste trabalho foi construir um phantom multipropósito, de baixo custo, para o QC de imagens DT. Diferentes linhas de pesca e configurações foram testadas para definir o tipo de fibras a ser usado. Em seguida, um phantom multipropósito foi desen- volvido e testado. Descobrimos que as linhas de pesca Dyneema® são a melhor opção para a construção do phantom. Os feixes obtidos a partir destas linhas têm valores de FA semelhantes aos encontrados nos tratos cerebrais principais e além disso não atra- palham outras medições de QC em MRI. O phantom multipropósito desenvolvido mos- trou-se estável e pode ser usado para QC na rotina clínica.
Show more

108 Read more

Verificação facial em duas etapas para dispositivos móveis

Verificação facial em duas etapas para dispositivos móveis

• Non-universality: it may be difficult to extract a particular biometric trait from a user. For example, people with irregular ridges using a fingerprint-based system. Among the different biometric modalities, face recognition is a very important one [51]. During the past years, it has gained more attention with improvements regarding quality, affordability and ubiquity of image-capturing devices (surveillance cameras, mobile phone cameras), the many possible commercial uses, not only in security (e.g., to authenticate the smartphone owner in payments [25, 61, 62, 65]), but in other areas such as entertainment (e.g., video games and human-computer interaction) [96] and the huge amount of images available in social networks. Boosted by this large volume of images, powerful statistical models that otherwise struggled with the lack of data have not only become viable, but also were able to improve the robustness of visual systems to noise and variation, such as illumination, pose and occlusion [82]. In this work, we build upon one of such models: deep neural network, which has already been applied in the face recognition pipeline for tasks like face detection [63], alignment [78] and verification [16, 38].
Show more

74 Read more

Tableaux for Distributed Temporal Logic. Dissertação para a obtenção de Grau de Mestre em Matemática e Aplicações

Tableaux for Distributed Temporal Logic. Dissertação para a obtenção de Grau de Mestre em Matemática e Aplicações

Resumo A l ´ogica temporal distribu´ıda DTL ´e uma l ´ogica expressiva para formalizar e raciocinar sobre pro- priedades temporais de sistemas distribu´ıdos, sob o ponto de vista local dos agentes do sistema, e sobre propriedades globais de processos de comunicac¸ ˜ao distribu´ıdos por estes agentes, que inter- agem por partilha de eventos sincronizados. A DTL ´e apropriada para formalizar e raciocinar sobre modelos de protocolos de seguranc¸a. Pode ser usada tanto como uma “l ´ogica objecto”, para formalizar modelos de protocolos espec´ıficos e provar propriedades dos protocolos com respeito a esses mode- los, ou como uma metal ´ogica, para estudar o relacionamento entre modelos em diferentes n´ıveis de abstracc¸ ˜ao.
Show more

114 Read more

Desenvolvimento de nanomicelas poliméricas contendo fármacos para diferenciação osteogénica de células estaminais

Desenvolvimento de nanomicelas poliméricas contendo fármacos para diferenciação osteogénica de células estaminais

[41] S.K. Ramasamy, A.P. Kusumbe, M. Schiller, D. Zeuschner, M.G. Bixel, C. Milia, J. Gamrekelashvili, A. Limbourg, A. Medvinsky, M.M. Santoro, F.P. Limbourg, R.H. Adams, G. Karsenty, E.F. Wagner, H.M. Kronenberg, Y. Wang, I. Eshkar-Oren, H.P. Gerber, C. Maes, C. Maes, A.P. Kusumbe, S.K. Ramasamy, R.H. Adams, S.K. Ramasamy, A.P. Kusumbe, L. Wang, R.H. Adams, H. Xie, R.H. Adams, K. Alitalo, M. Potente, H. Gerhardt, P. Carmeliet, M. Hellstrom, I.B. Lobov, J. Ridgway, S. Suchting, S. Nicoli, K. Yashiro, H. Shiratori, H. Hamada, M.A. Gimbrone, J.N. Topper, T. Nagel, K.R. Anderson, G. Garcia-Cardena, K.J. Whitehead, M.C. Smith, D.Y. Li, I. McCarthy, M.T. Vogt, J.A. Cauley, L.H. Kuller, M.C. Nevitt, D.A. Hanley, T. Atsumi, Y. Kuroki, J. Trueta, C. Wan, R.E. Tomlinson, M.J. Silva, A. Limbourg, F.C. Seifert, M. Banker, B. Lane, U. Bagge, C.E. Anagnostopoulos, D.T. Nash, K. Tanaka, P. Carmeliet, F. De Smet, S. Loges, M. Mazzone, L.K. Phng, H. Gerhardt, D.E. Conway, E. Tzima, G.S. Duncan, R. Benedito, H. Han, K. Tanigaki, T. Honjo, A.P. Kusumbe, R.D. Prisby, L.C. Murtaugh, B.Z. Stanger, K.M. Kwan, D.A. Melton, J.D. Hoeck, M.T. Drake, B.L. Clarke, S. Khosla, L.I. Plotkin, M. Acar, P.E. Boulais, P.S. Frenette, Y. Kunisaki, S.J. Morrison, D.T. Scadden, C. Maes, S. Stegen, N. van Gastel, G. Carmeliet, A.D. Berendsen, B.R. Olsen, J. Klein-Nulend, A.D. Bakker, R.G. Bacabac, A. Vatsa, S. Weinbaum, E. Kozhemyakina, A.B. Lassar, E. Zelzer, N. Ohashi, A.G. Robling, D.B. Burr, C.H. Turner, I. Noguera-Troise, A.F. Siekmann, N.D. Lawson, M. Corada, M.F. Morini, E. Dejana, J.E. Fish, J.D. Wythe, S. Obi, D. Morrow, J.P. Cullen, P.A. Cahill, E.M. Redmond, E.D. Jahnsen, O. Watson, I.B. Lobov, A.C. Chang, P.A. Murphy, I. MacIntyre, S. Imai, Y. Matsusue, M.J. Hilton, F. Engin, P. Liu, G. Marotti, H.J. Snippert, Y. Wang, M.A. Serrat, Blood flow controls bone vascular function and osteogenesis, Nat.
Show more

200 Read more

Desenvolvimento e caracterização de tecnologia para alimentação dinâmica de arame no processo GTAW

Desenvolvimento e caracterização de tecnologia para alimentação dinâmica de arame no processo GTAW

automatização e mecanização têm sido utilizadas neste tipo de soldagem. Com isso novas técnicas de adição de material são exploradas. 2.1.1 Soldagem com alimentação de arame A alimentação de arame no processo TIG é realizada normalmente diretamente na poça de fusão. Desta forma existe a possibilidade de variações para adicionar este material. A adição pode ser feita manualmente ou de forma mecanizada. Para a adição manual o material utilizado é em forma de varetas de modo a facilitar o manuseio do operador, porém, por ser finito e o operador não depositar de forma uniforme, torna como consequência um processo descontínuo. Para a adição automatizada o material utilizado é em forma de arame. Utilizando um tracionador mecanizado para realizar o avanço deste arame, com ou sem dispositivos de alimentação acoplados diretamente à tocha, o material é adicionado. O volume de material em forma de arame, disposto em rolos, é muito maior quando comparada as varetas, resultando em maior eficiência na utilização, pois não há necessidade de paradas de reposições com grande frequência quanto no processo de adição manual, este dispositivo mecanizado é mostrado na Figura 2.
Show more

61 Read more

Framework conceitual para o desenvolvimento de curadoria digital para pessoas com baixa visão

Framework conceitual para o desenvolvimento de curadoria digital para pessoas com baixa visão

Ainda nesta perspectiva, o Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB) promovido anualmente pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB), considerado o principal evento de pesquisa dessa área no Brasil, nos anais de sua décima sétima edição apresenta trabalhos com a temática de curadoria digital. Entre eles, o estudo de Cavalcanti, Sales e Sayão (2016) sobre a curadoria digital numa ótica de gerenciamento de dados científicos, apontam que estes precisam ser preservados para a recuperação, reuso e compartilhamento. Focam na seleção de dados que passam pelo processo de curadoria digital na área de Ciências Nucleares, retratando critérios que podem ser estabelecidos nas etapas de avaliação e seleção desses dados de pesquisa, sinalizando que o uso desses critérios pode auxiliar na tomada de decisões de preservação de dados, porém as decisões precisam ter base nos objetivos da instituição.
Show more

122 Read more

Referencial de apoio à seleção de standards para organizações de desenvolvimento de software : caso de estudo da plataforma DeGóis

Referencial de apoio à seleção de standards para organizações de desenvolvimento de software : caso de estudo da plataforma DeGóis

O COBIT – originalmente lançado em 1996 – é um conjunto de boas práticas e ferramentas para a gestão e controlo das TI (Gray, 2008), e pode ser adotado por organizações de todos os tamanhos (Chittenden et al., 2012). A sua última versão é a 5, onde, contrariamente às versões anteriores, é um standard pago. Esta versão reúne informação do COBIT 4.1, do Val IT 2.0 e de Risk IT Framework (Chittenden et al., 2012). O COBIT identifica cinco áreas para a governação de TI: alinhamento estratégico, entrega de valor, gestão de recursos, gestão de riscos e gestão de desempenho (Gray, 2008). No COBIT 5 são propostos cinco domínios de responsabilidades: avaliar, dirigir e monitorizar; alinhar, planear e organizar; construir, adquirir e implementar; entrega, serviço e suporte; e monitorizar, analisar e avaliar (ISACA, 2012). Cada domínio é composto por um conjunto de processos genéricos. Para cada processo genérico são apresentados, por exemplo: a identificação, a descrição, o propósito, os objetivos e as métricas a usar, e as atividades previstas (ISACA, 2012). Um dos objetivos do COBIT é ligar os objetivos do negócio com os objetivos das TI, dando ênfase a aplicações, informação, infraestrutura e pessoas (Chittenden et al., 2012; Desai, 2010). No total existem 36 processos de gestão e governação no COBIT 5. A conformidade com o COBIT não é apresentada no seu documento (Gray, 2008). Este standard fornece métricas e modelos de maturidade para medir/avaliar se uma organização de TI cumpre os objetivos propostos (Chittenden et al., 2012). De acordo com Chittenden et al. (2012), o COBIT pode ser harmonizado com standards como: COSO2, ITIL, ISO 27000, CMMI, TOGAF e PMBOK.
Show more

244 Read more

Marketing pessoal: a importância do desenvolvimento pessoal e profissional para uma carreira de sucesso

Marketing pessoal: a importância do desenvolvimento pessoal e profissional para uma carreira de sucesso

Conhecimentos técnicos servem apenas base para construção de uma carreira bem-sucedida. O diferencial entre um profissional e outro implica na realidade, em suas atitudes e a capacidade comunicativa. Ao mesmo tempo em que se possuem diversas capacidades gerais, o profissional deve se destacar dos demais em algum aspecto, ou seja, ter um diferencial. Um exemplo é a habilidade em comunicar-se e influenciar os outros. “Muitas pessoas pensam que sabem se comunicar bem, mas nem sempre estão certas” (BALBACK e SLATTER, 1999, p.56), falar muito não é sinônimo de possuir excelência em comunicação, é preciso saber influenciar e estimular as pessoas com quem se fala. Essa é uma das competências dos verdadeiros líderes. A partir daí, desenvolvem-se habilidades como negociação e gestão de equipe.
Show more

36 Read more

PDF for Windows Phone

PDF for Windows Phone

The C1PdfDocument class is easy to use. The commands provided for adding content to documents are similar to the ones available in the WinForms Graphics class. If you know how to display text and graphics in WinForms, you already know how to use C1PdfDocument in Windows Phone. Add text, images, lines, rectangles, ellipses, pies, arcs, rounded rectangles, polygons, Bezier curves, and more.  Easily Add Images

29 Read more

Desenvolvimento de um processo de conversão de cana-de-açúcar a levulinato de etila : uma rota para um aditivo de biodiesel viável

Desenvolvimento de um processo de conversão de cana-de-açúcar a levulinato de etila : uma rota para um aditivo de biodiesel viável

foster LA formation and at the same time reduce humins formation sound mutually exclusive. The results showed here demonstrate that, although undesirable, a process with low [r]

115 Read more

Show all 10000 documents...

Related subjects